Ler é Bom, Vai | Treze, mais um enorme sucesso de Duda Falcão

Quando recebi o livro Treze, de Duda Falcão, publicado pela Avec Editora, fiquei receosa de abri-lo. O motivo? É provável que esteja relacionado ao fato de que sou medrosa. Primeiramente, a capa nada bizarra dá uma dica do que vem pela frente. Histórias de terror envolvendo acontecimentos macabros, que certamente farão o leitor pensar antes de adentrar um quarto escuro. Entretanto, me enganei a respeito do teor do livro. Os Treze contos descritos por Duda Falcão não são para dar medo, mas sim para impressionar. Eles beiram o terror psicológico, o bizarro mundo das lendas e mitos. A todos que assim como eu são medrosos, fiquem tranquilos quanto a essa leitura.

Treze é mais um grande trabalho de seu escritor, que promete nos entregar ainda muito mais conteúdo de qualidade por aí. E Duda Falcão está muito mais do que bem vindo ao Ler é Bom, Vai!

Sinopse

Ao abrir as páginas desse tomo, você encontrará 13 contos de horror, bem ao estilo das antigas narrativas weird. No universo de Duda Falcão habitam monstros antediluvianos, demônios, vampiros, bruxas, feiticeiros e criaturas reanimadas trazidas das garras da morte.
Pessoas comuns transitam nesse mundo das trevas, desde estudantes universitários a fotógrafos, detetives despreparados e crianças inocentes. Confira essa obra e trilhe os caminhos inusitados do pulp.

Treze

Treze
Divulgação

Duda Falcão ficou conhecido por alguns trabalhos seus relacionados a antologias de fantasia e horror. Com Treze, o autor lançou mais um trabalho no mercado literário e em minha opinião, se tornou ainda melhor do que o primeiro. Não temos a obrigatoriedade de seguir uma única trajetória. Em Treze, o leitor pode se agraciar com qualquer um de suas treze histórias a qualquer hora do dia. A forma como Duda desenvolveu cada pedaço de informação foi extremamente inteligente. Ele se utilizou de um vocabulário simples e versátil, trazendo a atenção do público a cada página. Seus contos são uma mistura de horror com bizarrices engraçadas que tornam tudo mais leve.

Os Treze contos são os seguintes:

Eadgar e o Resgate de Leonora

Sob os Auspícios do Corco

Os Desejos de Morris

Almas Roubadas

Abismos Insondáveis

Senhora do Fosso

O Vampiro Cristão

Dragão de Chumbo

Os Bonecos de Rita

Licantropo

Devoradores de Narrativas

A Turma de Biologia

Treze

É provável que você se identifique mais com uns do que com outros, mas cada um tem sua própria particularidade. Há aqueles que beiram o bobo, enquanto outros deixam o cabelo em pé. Você provavelmente vai olhar para todos os cantos antes de ir buscar água na cozinha.

Mas o que tanto me agradou em Treze, foi a despreocupação do autor em fazer algo fictício. Já temos muitos contos de terror sobrenatural hoje em dia, muito que chegam a ser engraçados. A realidade assusta, ainda mais quando convivemos com os elementos que darão medo. Não adianta nada criar um monstro que sabemos não existir. O medo irá passar, e é provável que você logo esqueça do que viu. Entretanto, quando o assunto são personagens do dia a dia…

  • Muito Bom
4
Sending
User Review
0 (0 votes)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *